quinta-feira, 2 de maio de 2013

Prepara-te para te encontrares com Deus


Amós 4:6-13.
Introdução:
A.  Existem na Bíblia Sagrada três imperativos que são impostos à humanidade, dos quais, nenhum homem ou mulher poderá se desviar:
1) A morte – Hb. 9:27a. - E, assim como aos homens está ordenado morrerem uma só vez.
2)   O novo nascimento – João 3:7 - Não te admires de eu te dizer: necessário vos é nascer de novo.
3)  E o encontro com Deus para prestação de contas2 Tim. 4:1 –  Conjuro-te, perante Deus e Cristo Jesus, que há de julgar vivos e mortos, pela sua manifestação e pelo seu reino:
B.  Eu quero falar sobre este terceiro imperativo – O encontro do homem com Deus – Este pensamento aparece de forma muito veemente e claro, aqui no livro do profeta Amós Amós 4:12b. - Prepara-te, ó Israel, para te encontrares com o teu Deus.
C.  Embora, a mensagem aqui fosse dirigida a Israel, este alerta deve ser recebido por todos, afinal de contas, nenhum homem ou mulher estando vivo ou morto, escapará do encontro com DeusEc. 12: 14 - Porque Deus há de trazer a juízo todas as obras, até as que estão escondidas, quer sejam boas, quer sejam más.
Trans: Em primeiro lugar é importante nós sabermos...
I. Quem era Amós?
A.  Amós se identifica como um homem simples, dedicado aos afazeres da agricultura:
1) Ele se apresenta com um simples pastor de ovelhas, de uma pequena cidade chamada Tecoa - 1:1a. - Palavras que, em visão, vieram a Amós, que era entre os pastores de Tecoa.
2)  Ele afirma não ser profeta e nem filho de profeta, mas um boieiro e cultivador de sicômoros7:14 - Respondeu Amós e disse a Amazias: Eu não sou profeta, nem discípulo de profeta, mas boieiro e colhedor de sicômoros.
B.  Houve todavia uma grande transformação quando Amós recebeu de Deus o chamado para ser profeta no reino do Norte, Israel7:15 - Mas o Senhor me tirou de após o gado e o Senhor me disse: Vai e profetiza ao meu povo de Israel. 
C.  Amós se tornou um grande profeta do Senhor do século VIII a. C.
Trans: Também é importante sabermos qual era a situação de Israel quando Amós exerceu o seu ministério de profeta.
II. Qual era a situação de Israel no tempo de Amós?
A.  A situação econômica:
1) Sob o comando do rei Jerobão, o comércio de Israel com outros povos cresceu muito.
2)   Israel vivia um tempo de grande prosperidade econômico.
3)   Israel conseguiu até êxitos militares - Recuperou territórios que havia perdido no passado.
4)   Havia, portanto, um clima de euforia e entusiasmo por parte do povo.
B.  A situação social:
1)   O crescimento econômico gerou uma praga: A desigualdade social.
2)   Ao mesmo tempo que alguns poucos ficavam cada vez mais ricos, a maioria da população vivia na miséria.
3)   Havia corrupção por parte dos governantes.
4)  Os ricos e poderosos oprimiam os pobres5:11 – Portanto, visto que pisais o pobre e dele exigis tributo de trigo, não habitareis nas casas de pedras lavradas que tendes edificado; nem bebereis do vinho das vides desejáveis que tendes plantado. 
C.  A situação espiritual:
1)   Os líderes religiosos também haviam se corrompido.
2)   O culto a Deus havia sido contaminado com práticas pagãs oriundas de outros povos.
3)  Não havia verdadeira sinceridade o povo havia se tornado idólatra5:21-23, 25 - Aborreço, desprezo as vossas festas e com as vossas assembleias solenes não tenho nenhum prazer.  E, ainda que me ofereçais holocaustos e vossas ofertas de manjares, não me agradarei deles, nem atentarei para as ofertas pacíficas de vossos animais cevados.  Afasta de mim o estrépito dos teus cânticos, porque não ouvirei as melodias das tuas liras. 25 Apresentastes-me, vós, sacrifícios e ofertas de manjares no deserto por quarenta anos, ó casa de Israel?  Sim, levastes Sicute, vosso rei, Quium, vossa imagem, e o vosso deus-estrela, que fizestes para vós mesmos.
Trans: Por todas estas transgressões, sobreveio o castigo de Deus...
III. Cinco castigos de Deus sobre Israel:
A.  O primeiro castigo – A fome - 4:6 - Também vos deixei de dentes limpos em todas as vossas cidades e com falta de pão em todos os vossos lugares; contudo, não vos convertestes a mim, disse o Senhor.
B.  O segundo castigo – A seca e a falta de água 4:7-8 - Além disso, retive de vós a chuva, três meses ainda antes da ceifa; e fiz chover sobre uma cidade e sobre a outra, não; um campo teve chuva, mas o outro, que ficou sem chuva, se secou.  Andaram duas ou três cidades, indo a outra cidade para beberem água, mas não se saciaram; contudo, não vos convertestes a mim, disse o Senhor.
C.  O terceiro castigo – As pragas vegetais - 4:9 - Feri-vos com o crestamento e a ferrugem; a multidão das vossas hortas, e das vossas vinhas, e das vossas figueiras, e das vossas oliveiras, devorou-a o gafanhoto; contudo, não vos convertestes a mim, disse o Senhor.
D.  O quarto castigo – A mortandade dos jovens e o roubo dos cavalos – talvez causado pela invasão de algum inimigo - 4:10 - Enviei a peste contra vós outros à maneira do Egito; os vossos jovens, matei-os à espada, e os vossos cavalos, deixei-os levar presos, e o mau cheiro dos vossos arraiais fiz subir aos vossos narizes; contudo, não vos convertestes a mim, disse o Senhor.
E.  O quinto castigo – Provavelmente, um grande terremoto – 4:11 - Subverti alguns dentre vós, como Deus subverteu a Sodoma e Gomorra, e vós fostes como um tição arrebatado da fogueira; contudo, não vos convertestes a mim, disse o Senhor.
·        Um grande terremoto é mencionado aqui no livro de Amós1:1 - Palavras que, em visão, vieram a Amós, que era entre os pastores de Teco, a respeito de Israel, nos dias de Uzias, rei de Judá, e nos dias de Jeroboão, filho de Joás, rei de Israel, dois anos antes do terremoto.
F.   É incrível perceber quanta semelhança há na situação de Israel naqueles dias e o nosso país, tanto nos pecados, como nos castigos.
IV. Que mudanças os terríveis castigos causaram ao povo de Israel?
A.  No final de cada relato  dos castigos, uma mesma frase é repetida: “Contudo, não vos convertestes a mim, disse o Senhor”.
B.  Podem observar nos Vs. 6, 8, 9, 10 e 11.
C.  Que mudanças os terríveis castigos causaram ao povo? Nenhuma:
1)   Não houve mudança de atitude ou de comportamento.
2)   Não houve abandono de pecado.
3)   Não houve arrependimento.
D.  Os castigos não tinham como objetivo fazer mal ao povo, mas levá-lo ao arrependimento e à conversão; porém o povo não se arrependeu.
V. O último aviso de Deus – “Prepara-te, ó Israel, para te encontrar com o teu Deus”V. 12 - Portanto, assim te farei, ó Israel! E, porque isso te farei, prepara-te, ó Israel, para te encontrares com o teu Deus.
A.  Aqui está o aviso urgente e solene de Deus - “Prepara-te, ó Israel, para te encontrar com o teu Deus”.
B.  Mas este não é um aviso exclusivo para Israel, todos nós um dia nos encontraremos com Deus – Ouçam o que diz a Bíblia Sagrada:
1) Ninguém poderá fugir do encontro com Deus - Rom. 14:12 -  Assim, pois, cada um de nós dará contas de si mesmo a Deus.
2)  Mesmo depois da morte, haverá a ressurreição para o encontro final com DeusJoão 5:28-29 - Não vos maravilheis disto, porque vem a hora em que todos os que se acham nos túmulos ouvirão a sua voz e sairão: os que tiverem feito o bem, para a ressurreição da vida; e os que tiverem praticado o mal, para a ressurreição do juízo.
3) Todos serão convocados para se encontrar com Deus: Ricos e pobres, jovens e idosos - Apoc. 20:12-13 - Vi também os mortos, os grandes e os pequenos, postos em pé diante do trono. Então, se abriram livros. Ainda outro livro, o Livro da Vida, foi aberto. E os mortos foram julgados, segundo as suas obras, conforme o que se achava escrito nos livros. Deu o mar os mortos que nele estavam. A morte e o além entregaram os mortos que neles havia. E foram julgados, um por um, segundo as suas obras.
Trans: A questão é: Você já está preparado para se encontrar com Deus?
VI. Existem apenas duas maneiras de se encontrar com Deus:
A.  No dia do juízo final, para ouvir a terrível sentença de condenação eterna Mateus 7:23 - Então, lhes direi explicitamente: nunca vos conheci. Apartai-vos de mim, os que praticais a iniquidade.
B.  Ou no apresente, aceitando Jesus como Senhor e Salvador:
1) Mateus 11:28 Vinde a mim, todos os que estais cansados e sobrecarregados, e eu vos aliviarei. 
2)  Apoc. 22:17 -   O Espírito e a noiva dizem: Vem! Aquele que ouve, diga: Vem! Aquele que tem sede venham, e quem quiser receba de graça a água da vida.
C.  Existem apenas duas posições em relação a Deus:
1)  Os que rejeitam a salvação e caem nas mãos de DeusHb.10:31 - Horrível coisa é cair nas mãos do Deus vivo.
2)  E os que recebem a pessoa Jesus e estão salvos e seguros na mão de DeusJoão 10:28-29 - Eu lhes dou a vida eterna; jamais perecerão, e ninguém as arrebatará da minha mão.  Aquilo que meu Pai me deu é maior do que tudo; e da mão do Pai ninguém pode arrebatar.
Conclusão:
A.  Você já está preparado para se encontrar com Deus?
B.  Se não, aceite Jesus Cristo como Senhor e Salvador e esteja preparado.
C.  Você duvida que um dia estará frente a frente com Deus? Notem o poder tremendo de Deus, o que mostra a sua capacidade de exercer justiça e juízo – V.13 Porque é ele quem forma os montes, e cria o vento, e declara ao homem qual é o seu pensamento; e faz da manhã trevas e pisa os altos da terra; Senhor, Deus dos Exércitos, é o seu nome.
Pr. Hiramar Paiva, quinta-feira, 2 de maio de 2013.


3 comentários:

DEIXE AQUI SEUS COMENTÁRIOS