terça-feira, 12 de junho de 2012

O Salmo Do Homem Que Confia e Espera no Senhor

Salmo 27:1-14.
Introdução:
A.    O salmo 27 é atribuído a Davi.
B.     Não é possível precisar com exatidão o momento quando Davi escreveu este belo salmo.
C.     Todavia, é possível perceber que ele estava enfrentando grandes e terríveis inimigos, que certamente, poderiam colocar a sua vida em risco.
D.    Diante de dificuldades tão grandes, Davi tomou uma decisão muito importante:
1)      Esperar pelo socorro do Senhor.
2)      Depender do Senhor.
3)      E confiar no Senhor.

Trans: Comecemos analisando esse salmo, pelas situações difíceis que Davi estava enfrentando...

I. Situações Difíceis Que Davi Estava Enfrentando:
A.     Ele estava enfrentando terríveis inimigosVs. 2-3 - Quando malfeitores me sobrevêm para me destruir, meus opressores e inimigos, eles é que tropeçam e caem. Ainda que um exército se acampe contra mim, não se atemorizará o meu coração; e, se estourar contra mim a guerra, ainda assim terei confiança.
1)      Inimigos de Davi queriam destruí-loV. 2a. - Quando malfeitores me sobrevêm para me destruir. 
2)      Aparentemente, Davi estava cercado por um exércitoV. 3a. -   Ainda que um exército se acampe contra mim, não se atemorizará o meu coração;
3)      Davi estava na iminência de enfrentar uma guerra V. 3c. - E, se estourar contra mim a guerra.
Ilus: Como crentes que somos, nós também temos inimigos que se levantam contra nós - Efésios 6:12 - Porque a nossa luta não é contra o sangue e a carne, e sim contra os principados e potestades, contra os dominadores deste mundo tenebroso, contra as forças espirituais do mal, nas regiões celestes. 
B.     Ele estava impedido de ir à casa do Senhor – V. 4 - Uma coisa peço ao SENHOR, e a buscarei: que eu possa morar na Casa do SENHOR todos os dias da minha vida, para contemplar a beleza do SENHOR e meditar no seu templo. 
Ilus: É claro que, cercado por inimigos, Davi não podia ir à casa do Senhor.
C.     Ele estava separado do pai e da mãeV. 10a. - Porque, se meu pai e minha mãe me desampararem.
Ilus: Ao que parece, pelo fato de Davi está em uma guerra, os seus pais não podiam está com ele.
D.    Ele estava enfrentando difamadoresV. 12 - Não me deixes à vontade dos meus adversários; pois contra mim se levantam falsas testemunhas e os que só respiram crueldade. 

II. Que Momento Da Vida De Davi Foi Esse, No Qual Ele Teve Que Enfrentar Tantas Dificuldades?
A.    Não é possível precisar ao certo, afinal de contas, Davi teve enfrentar muitos inimigos e muitas guerras.
B.     Contudo, eu sei que à semelhança de Davi, nós também estamos sujeitos à grandes provações e a grandes tribulações.
C.     Em momentos tão terríveis assim, surgem as perguntas?
1)      Em quem esperar?
2)      Em quem depender?
3)      Em quem confiar?

Trans: Davi decidiu buscar refúgio no Senhor...

III. Por que Davi Decidiu Se Refugiar No Senhor E Por Que Nós Podemos Fazer o Mesmo?
A.     Primeira Razão - Porque o Senhor Deus é mais poderoso do que todos os nossos inimigosVs. 1-3 - O SENHOR é a minha luz e a minha salvação; de quem terei medo? O SENHOR é a fortaleza da minha vida; a quem temerei? 2  Quando malfeitores me sobrevêm para me destruir, meus opressores e inimigos, eles é que tropeçam e caem. Ainda que um exército se acampe contra mim, não se atemorizará o meu coração; e, se estourar contra mim a guerra, ainda assim terei confiança. 
1)      Como já disse, não só Davi, mas todos nós estamos sujeitos a enfrentar grandes inimigos:
1.      Homens podem ser grandes inimigos.
2.      O mundo é um grande inimigo.
3.      O pecado é um grande inimigo.
4.      Satanás é um grande inimigo.
5.      Uma enfermidade pode ser um grande inimigo.
6.      Mas certamente, Deus é maior e mais poderoso do que todos esses inimigos.
2)      Sobre os perigos que os inimigos representam, Davi pergunta:
1.      V. 1c. De quem terei medo?
2.      V. 1d. - A quem temerei? 
3)      Davi mesmo afirma que não precisa ter medo – Ele aponta as razões:
1.      Deus é a minha luz – V. 1a. - O SENHOR é a minha luz.
2.      Deus é a minha Salvação – V. 1b. - E a minha salvação.
3.      Deus é a minha fortaleza - V. 1c. - O SENHOR é a fortaleza da minha vida.
4)      Que inimigo pode mais do que Deus? Notem o fim delesV. 2 - Quando malfeitores me sobrevêm para me destruir, meus opressores e inimigos, eles é que tropeçam e caem. 
5)      E se estourar uma guerra? – V. 3d. - E, se estourar contra mim a guerra, ainda assim terei confiança. 
B.     Segunda Razão – Porque é exatamente nos momentos de grandes provações, quando podemos contemplar a bondade de Deus por nós - V. 4 - Uma coisa peço ao SENHOR, e a buscarei: que eu possa morar na Casa do SENHOR todos os dias da minha vida, para contemplar a beleza do SENHOR e meditar no seu templo. 
1)      A ideia do salmista é ir à casa do Senhor e lá contemplar a sua beleza e meditar no seu poder:
1.      A beleza do Senhor é uma referência aos seus atributos:
a)      Seu poder.
b)      Sua bondade.
c)      Sua graça.
d)     Seu amor.
2.      Momentos de grandes aflições nos dão a oportunidade de experimentar os cuidados de Deus por nós.
2)      Notem que está na casa do Senhor é algo para se pedir e também para se buscarV. 4a. - Uma coisa peço ao SENHOR, e a buscarei: que eu possa morar na Casa do SENHOR todos os dias da minha vida.
C.     Terceira Razão – Porque Deus promete que sempre cuidará de nós V. 5 - Pois, no dia da adversidade, ele me ocultará no seu pavilhão; no recôndito do seu tabernáculo, me acolherá; elevar-me-á sobre uma rocha. 
1)      A promessa de Deus é que sempre estará conoscoIsaías 41:10 - não temas, porque eu sou contigo; não te assombres, porque eu sou o teu Deus; eu te fortaleço, e te ajudo, e te sustento com a minha destra fiel. 
2)      Jesus disse que o crente está bem protegido, dentro da própria mão de Deus – João 10:28-29 - Eu lhes dou a vida eterna; jamais perecerão, e ninguém as arrebatará da minha mão. Aquilo que meu Pai me deu é maior do que tudo; e da mão do Pai ninguém pode arrebatar.

IV. Levando-se Em Conta Os Perigos Que O Cercam E As Promessas de Proteção, O Salmista Decide Orar Ao Senhor:
A.     Davi pede a Deus que ouça a sua súplica roga por sua compaixãoV. 7 - Ouve, SENHOR, a minha voz; eu clamo; compadece-te de mim e responde-me.
B.     É importante perceber que naquele momento, Davi não deixou de atenta por sua vida espiritual V. 8,11:
1)      Ele busca a presença de DeusV. 8 - Ao meu coração me ocorre: Buscai a minha presença; buscarei, pois, SENHOR, a tua presença.
2)      Ele pede a Deus que lhe dê sabedoria V. 11 - Ensina-me, SENHOR, o teu caminho e guia-me por vereda plana, por causa dos que me espreitam.
D.    E Davi é levado a uma atitude de humilhação ante a face do SenhorV. 9 - Não me escondas, SENHOR, a tua face, não rejeites com ira o teu servo; tu és o meu auxílio, não me recuses, nem me desampares, ó Deus da minha salvação.
E.     Por isso, ele declara que depende unicamente do Senhor -  V. 12 - Não me deixes à vontade dos meus adversários; pois contra mim se levantam falsas testemunhas e os que só respiram crueldade.

V. Cheio de Fé e de Confiança, Davi Entoa O Seu Cântico de Vitória – Ele Demonstra:
A.     Certeza de vitória mesmo, que seja abandonado pelos paisV. 10 -Porque, se meu pai e minha mãe me desampararem, o SENHOR me acolherá.
B.     Certeza de que desfrutará da bondade do Senhor - V. 13 - Eu creio que verei a bondade do SENHOR na terra dos viventes.

Conclusão:
A.    O salmo termina com uma exortação para que todos nós também aprendamos a confiar e a depender de Deus.
B.     Vejam - V. 14 - Espera pelo SENHOR, tem bom ânimo, e fortifique-se o teu coração; espera, pois, pelo SENHOR.
C.     Em todas as situações e problemas: físicos, materiais, emocionais ou espirituais; podemos afirmar com Davi - V. 1 - O SENHOR é a minha luz e a minha salvação; de quem terei medo? O SENHOR é a fortaleza da minha vida; a quem temerei?
Pr. Hiramar Paiva, sábado, 12 de junho de 2012.



Um comentário:

  1. Um Salmo tão maravilhoso e uma explanação tão precisa do Pastor Hiramar torna esta postagem um presente á todos que confiam plenamente em Deus. Obrigado pela mensagem e que esta palavra seja prática em nossas vidas.
    Rogefran e Aila

    ResponderExcluir

DEIXE AQUI SEUS COMENTÁRIOS